BPM Summit encerra com público de 16 países

Profissionais de 16 países se reuniram em outubro no BPM Summit, um congresso internacional de Gestão por Processos, promovido pela Interact, em parceria com as ABPMPs do Peru, Espanha e Brasil. Ao longo de duas semanas, os inscritos puderam acompanhar online as principais tendências e boas práticas na disciplina de BPM, com palestras e workshops internacionais. O evento teve início em 9 de outubro e encerrou no dia 20.

Na avaliação de Fernando Estrada, diretor da Interact Latam, o evento foi um total sucesso. “Tivemos no BPM Summit mais de 75 pessoas, de 16 países diferentes, desde os Estados Unidos até a Espanha e Portugal. Nossa empresa, de Lajeado, conseguiu trazer os principais palestrantes e experts de Gestão por Processos (BPM), tendo entre eles a principal referência de BPM para a Iberoamérica, Pedro Robledo, presidente e co-fundador da ABPMP da Espanha”, comemora.

Além disso, Estrada também destacou a presença de Luis Carlos Krupp, presidente da ABPMP Brasil, que hoje é o maior capítulo entre as ABPMPs do mundo. “Nosso evento impacta diretamente no nosso objetivo de posicionamento da Suite SA no mercado internacional. Para nós, o BPM SUMMIT não é só um evento, é uma onda de autoridade em BPM”, conclui.Ilustração de um computador desktop. Dele saem 3 telas flutuantes, cada uma com uma imagem do software da Interact

Tendências e boas práticas em BPM

O BPM Summit estreou dia 9 com a palestra de Pedro Robledo sobre o tema “El End to End de um projeto de BPM”. Já no dia 11, foi a vez do presidente da ABPMP do Brasil, Luis Carlos Krupp, que explanou sobre “Casos práticos da Transformação Digital de Processos”. Para fechar a programação da primeira semana, Rafael Fuentes e Antonio Nieto, da Rocketbot, fizeram uma fala no dia 13 sobre os “Fundamentos de RPA a estratégias de adoção eficaz de RPA”. Na sequência Marco Benitez, diretor executivo da InQuality, apresentou o “Caso de sucesso sobre RPA na InQuality”.

Já a programação da segunda semana iniciou no dia 16 com palestra dupla. A primeira delas foi “Software robôs. RPA, robôs conversacionais e automação cognitiva”, conduzida por Ignácio G. R. Gavillán, fundador e CEO da Reingeniería Digital, da Espanha. No mesmo dia, também ocorreu a palestra de Jorge Chaupin, VP de Programas da ABPMP Peru, que abordou “A gestão da normatividade e sua importância na Gestão por Processo de Negócios no setor público”.

Na reta final do BPM Summit Iván Lasso, Consultor de Projetos Internacionais da Interact, iniciou dia 18 a rodada de workshops com o tema “Automatização com a Suite SA (BPS) na prática”. E para fechar com chave de ouro, no dia 20 de outubro Iván conduziu o workshop “Integração entre BPMS e RPA”. Em ambas as datas, os inscritos puderam realizar na prática exercícios utilizando o software desenvolvido pela Interact, a Suite SA.

Feedback dos participantes

“Foi uma satisfação participar do BPM Summit, a qualidade dos palestrantes superou as expectativas. A expertise de cada painelista destacou cada sessão e nos permitiu conhecer desde a primeira fonte as últimas tendências e avanços em BPM e RPA. A organização cuidou o tempo todo dos detalhes que mesmo sendo virtuais nos sentimos em casa e de passagem conseguimos nos conhecer e fortalecer os laços apesar da distância. Agradavelmente surpreso!!! Para mais eventos deste calibre!!! Parabéns!!!”

Oubenfm Figueredo, Coordenador de Gestão de Processos na Agencia Financeira de Desenvolvimento, do Paraguai

 

“Participar do BPM Summit foi uma experiência muito enriquecedora na minha carreira profissional. Do início ao fim, superou todas as minhas expectativas, abrindo também o espectro em termos da visão do BPM como estratégia de processo para olhar o negócio de uma perspectiva de evolução e transcendência organizacional. Um impacto positivo gerado em mim, o olhar da robótica no monitoramento e acompanhamento comportamental do processo. Realmente, uma salva de palmas sobre isso com respeito e admiração. Por fim, a Suite SA para o desenvolvimento do BPMN e BPMS permitiu expandir meus horizontes, que eram limitados até o momento em que participei do evento. Eu estava realmente em um submundo que pertence a um grande Universo. Muito obrigado por nos deixar descobrir.”

Matilde Elena Corral Sias – Analista de Processos do Departamento de Engenharia de Processos do BCV – Banco Central da Venezuela

Compartilhe

Quer receber conteúdos
de gestão?

Assine agora mesmo a nossa newsletter